HOTEL TERTULIO'S

BLOG


8 Cidades do Brasil com sítios arqueológico

cidades-do-brasil-com-sitios-arqueologico


Os Parques arqueológicos são lugares preservados onde podemos encontrar registros humanos de tempos passados, como por exemplo: pinturas rupestres, túmulos, construções antigas, entre outros.

Lembrando que por mais que os locais possam ter tais indícios, apenas os considerados relevantes são registrados como parque ou sítio arqueológico. 

Segundo o IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, temos mais de 26 mil sítios cadastrados. 

1 Sítio Alice Boer – Rio Claro SP

Situado em um local arenoso sendo encontrado por João Boer, na época morador das proximidades. João encontrou pontas bifaciais líticas, além de pedras lascadas. 

Por volta de 1960 os pesquisadores chegaram ao local e encontraram os materiais com indícios de 30 mil anos atrás. Portanto, concluíram que tais materiais eram artefatos que pertenciam a uma cultura arqueológica. 

De tanta importância que se tornou para a história, algumas peças foram levadas para o Museu Nacional no Rio de Janeiro, e outras ainda foram para França. 

O Sítio é aberto para visitação, atraindo pesquisadores e visitantes de todos os lugares, que inclusive procuram por hotéis em Rio Claro, de modo a aproveitar o máximo dessa expedição ao passado. 

Boa parte deste sítio arqueológico que foi destinado ao Museu Nacional se perdeu no incêndio de 2018, a outra parte que foi para França ainda se encontra intacta no Muséum National d’Histoire Naturalle, na capital Paris. 

2 Parque Nacional da Serra da Capivara – Cidades do Piauí

O parque é imenso abrangendo as seguintes cidades: Canto do Buriti, São João do Piauí, Coronel José Dias e São Raimundo Nonato, por isso a maior concentração de sítios arqueológicos da América Latina está no Piauí. 

Os materiais encontrados neste parque arqueológico datam de mais de 50 mil anos, e não é só artefatos que encontramos nestes sítios, muitas pinturas rupestres, sendo a maior quantidade do mundo. 

No local ainda encontramos lagos subterrâneos, grutas e cavernas, no ano de 1991 esses sítios foram declarados como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO – Organizações das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura. 

3 Sítio Arqueológico do Solstício – Calçoene, Amapá

Localizado no interior do Amapá, o Parque Solstício tem um formato diferente de muitos outros parques arqueológicos, além de estar no alto dum morro, possui formato arredondado com 127 rochas.

Justamente por estar no alto, o local serve como observatório astronômico, as pedras lá existentes datam mais de 2000 anos. 

4 Parque Nacional do Catimbau – Cidades de Pernambuco

As seguintes cidades fazem parte do Sítio do Catimbau: Buíque, Tupanatinga e Sertânia. O vale do Catimbau como é conhecido, possui preservação da caatinga, com encostas rupestres. 

O cenário é lindíssimo, Catimbau quer dizer “vale da dança e da cura” devido aos rituais que ali eram realizados pelos antepassados do local. Com o total de 30 sítios, é considerado o segundo maior do Brasil. 

5 Pedra do Ingá – Ingá, Paraíba

O sítio arqueológico de Ingá é um dos monumentos rochosos mais intrigantes e misteriosos do planeta. É uma rocha ginástica com uma área de cerca de 250 metros quadrados. 

É uma parede vertical com 46 metros de comprimento e 3,8 metros de altura, na qual estão gravados registros muito misteriosos, cujo significado ainda é desconhecido.

A maioria dos símbolos esculpidos são figuras de animais, pessoas, frutas, constelações e outras imagens desconhecidas. Os historiadores citam várias versões da aparência dessas imagens: dos antigos povos indígenas que viveram aqui 6 mil anos atrás e terminando com criaturas sobrenaturais.

A pedra Ingá está localizada próximo ao pequeno povoado de Ingá, a 96 km de João Pessoa, no nordeste do estado da Paraíba.

6 Sítio Arqueológico Pedra Pintada – Pacaraima, Roraima

O sítio arqueológico da Pedra Pintada é uma formação rochosa localizada na reserva indígena São Marcos. Situada a uma altitude de 83 metros acima do nível do mar, é o objeto central entre muitas outras rochas. Em uma das cavernas rochosas, você pode ver imagens pré-históricas de signos míticos, animais, pessoas, palmas, etc.

7 Sítio do Lajedo de Soledade – Lajedo de Soledade, Rio Grande do Norte

Criado por erosões chuvosas, é um dos mais lindos do mundo para ser visitado, o cenário é inexplicável. A erosão criou com o passar dos anos, cavernas, fendas e muito mais. 

Na década de 1990 a sua preservação começou a ser realizada, fósseis de animais da era glacial foram encontrados na época.

8 Parque Nacional do Jaú – Manaus – AM

Um enorme parque com cerca de 2 milhões de hectares, além da preservação ambiental, no parque do Jaú também se preserva formações rochosas e vestígios de civilizações que ocorrerão ali a 6 milhões de anos, são muitas pinturas rupestres, para visitar é necessário um agendamento junto a prefeitura da cidade. 

Espero que tenha gostado de conhecer um pouco mais sobre nossa história enquanto humanidade. Até a próxima!